Logo

Artigos - Visualizando artigo

Dicas Importantes para o Início de um Negócio

Ter sido um bom empregado já é um começo para ser um bom chefe. Empresários que já foram bons empregados tem muito mais facilidade de gerenciar sua equipe. Saber administrar seu salário como empregado também ajuda. O volume de dinheiro que uma empresa movimenta é muitas vezes bem maior do que o salário de muitos empregados, e nem tudo que fatura é lucro, por isso o controle financeiro é muito importante. Sendo assim, se você tem problemas em controlar pra onde vai seu dinheiro e está sempre devendo, cuidado, uma empresa pode agravar a sua situação se isso não for mudado.

A primeira coisa que precisa estar claro é que o sucesso de um negócio não depende apenas de um fator. O empresário precisa ter mais do que apenas conhecimento do mercado que vai atuar. Para melhorar suas chances a determinação e a dedicação ao seu negócio tem que estar presente junto com as demais habilidades.

Um erro muito greve, às vezes cometido pelas pessoas, é abrir um negócio pensando que sua empresa lhe dará muito dinheiro e pouco trabalho. Isso pode até acontecer quando seu negócio estiver maior, já com uma equipe bem treinada, com renome no mercado e um bom patrimônio, mas de inicio considere que você terá muito trabalho e pouco dinheiro. Em média no primeiro ano de atividade de sua empresa ela não terá lucro, terá apenas investimentos. É muito comum empresas abrirem esperando lucro já de cara e no primeiro obstáculo fecham suas portas. Jamais se deve tomar a decisão de fechar uma empresa no seu primeiro ano de atividades, não é tempo suficiente para sentir o mercado.

Outro quesito de grande valia na construção da sua clientela é o compromisso com a qualidade do atendimento de seus clientes. Vender várias vezes para um mesmo cliente é um dos maiores segredos da lucratividade e isso está embasado em três alicerces, a qualidade no atendimento, o cumprimento de prazos e o atendimento a reclamações com boa vontade.

Quando um cliente tem uma reclamação a fazer, isso tem que ser visto como uma oportunidade de aprimoramento da empresa, é através de reclamações que são descobertas muitas falhas na estrutura de atendimento da uma empresa. Um cliente que reclama e é atendido com atenção e compreensão volta fazer negócios com sua empresa. É necessário mostrar preocupação com a resolução de seu problema, não é legal que na hora da venda o atendimento seja ótimo e quando o cliente volta com problemas tem a impressão de não ser bem vindo.

Cumprir prazos também é muito importante e infelizmente poucas empresas o fazem. É necessário ter uma ideia real de quanto tempo será solicitado no fechamento de um negócio, ninguém gosta de esperar além do prazo, e dependendo do tipo de negócio pode trazer prejuízos ao cliente, o que causará uma forte duvida sobre o profissionalismo da sua empresa. É claro que imprevistos acontecem e dificultam o cumprimento do prazo, mas, nesse caso, ligue para o cliente no prazo combinado e justifique-se pedindo desculpas pelo atraso e avisando que em breve o combinado será cumprido. Na grande maioria das vezes o cliente entenderá. Não cometa esse erro de não avisa-lo do atraso.

A qualidade no atendimento nem precisa ser comentada, é essencial.

Cuidados com a postura da equipe também devem ser analisados. Jamais podem ser comentados com os clientes problemas internos da empresa quando acontece uma falha, o cliente não quer saber se um funcionário sabotou sua produção ou deixou sua empresa na mão, ele quer que seu problema seja resolvido. Frases como “tivemos um pequeno imprevisto na produção e já estamos trabalhando para resolver o seu problema” são suficientes e profissionais para justificar-se.

A aparência e a organização da empresa também vendem, por isso monte sua empresa com cuidado prestando atenção nos mínimos detalhes.

Outra questão importante está no domínio dos trabalhos pelos proprietários da empresa. É fundamental em casos de pequenas empresas que o proprietário domine totalmente a atividade, sendo assim em caso de desligamento de funcionários da empresa o cliente não ficará na mão, pois o próprio empresário resolverá os problemas até que seja contratado novo funcionário.

Outro conceito muito aplicado e que funciona é sempre dar razão ao cliente, mesmo que ele esteja errado. Dificilmente quanto um cliente acha que está certo ele mudará de opinião, contradize-lo vai somente gerar estresse e irrita-lo, dificultando futuros negócios. Então, ouça-o com atenção e mostre interesse em resolver seu problema.

Com as dicas acima com certeza seu negócio terá mais chance de sucesso. E não se esqueça da dedicação, nada de chegar dez horas na empresa achado que seus funcionários vão produzir a mesma coisa que não é verdade, chegue de madrugada se necessários para cumprir com suas obrigações. Lembre-se do ditado “O olho do dono que engorda a boiada”.


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.